Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Notícias aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu
Consulta aos Conteúdos

Botão de Informações

Título: ISO 9001: EFICIÊNCIA OU LEGITIMIDADE?
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): DENNIS SEIJI TAQUEMORI
Colaborador(es): SANDRA REGINA DA ROCHA PINTO - Orientador
Catalogação: 18/09/2009 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Referência [pt]: http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=14195@1
Referência [en]: http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=14195@2
Resumo:
Um volume cada vez maior de práticas institucionais tem surgido com vistas a regular ou melhorar a atuação das organizações ou reduzir os custos de transação. Contudo, se observa que essas práticas, não necessariamente resultam maior eficiência. Com o intuito de evitar uma análise reducionista e mecanicista, optou-se por utilizar como base do estudo a teoria neo-institucional, por levar em consideração os seguintes aspectos: legitimidade; eficiência; isomorfismo; desinstitucionalização. Nesse contexto, a organização ISO representa um interessante objeto de estudo por ser internacionalmente legitimada e transformar diversas crenças e valores em regras e normas que se tornam mitos e cerimônias. Além disso, a pesquisa procurou, principalmente, analisar dois elementos aparentemente contrários na teoria institucional: eficiência e legitimidade. Para tal, utilizou-se como referência a percepção de especialistas quanto à eficiência da implementação da norma internacional para sistemas de gestão da qualidade, ISO 9001. Essa ISO, ao mesmo tempo em que parece legitimar as organizações que se certificam, é tida como um modelo de gestão que se propõe a gerar maior eficiência. Como conclusão, o dilema eficiência versus legitimidade na prática da ISO 9001 é analisado e são apresentados possíveis indícios de um processo de desinstitucionalização: práticas inovadoras; normas mais abrangentes; e, alteração de valores institucionais. Dessa forma, esse estudo representa uma contribuição tanto à academia por aplicar a teoria institucional à prática da ISO 9001 quanto para as organizações, por apresentar possíveis melhorias na implementação dessa norma e a tendência de sua provável substituição.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
<< voltar