Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Notícias aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu
Consulta aos Conteúdos

Botão de Informações

Título: ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS E COLABORATIVAS: OS IMPACTOS NO DESEMPENHO DA INDÚSTRIA BANCÁRIA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): PAULO MOREIRA GOULART
Colaborador(es): JORGE FERREIRA DA SILVA - Orientador
Catalogação: 13/07/2001 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Referência [pt]: http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=1727@1
Referência [en]: http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=1727@2
Referência [es]: http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=1727@4
Resumo:
O objetivo principal do estudo é avaliar, nos espaços competitivo e colaborativo da indústria bancária do Brasil, o impacto no desempenho das instituições, decorrentes da utilização de estratégias coletivas (Astley & Fombrun, 1983), simultaneamente com estratégias competitivas (Miles & Snow, 1978), intencionais (ou não). Para tanto, foi utilizada base de dados preexistente no Departamento de Administração da PUC/RJ sobre a indústria financeira nacional, constituída para viabilizar pesquisa anterior (Almeida, 1998), englobando 45 dos 50 maiores bancos em operação em 1996, cerca de 98% do market-share (Ranking FGV de Bancos de 1997). Não foi possível observar a dependência das estratégias coletivas em relação às estratégias competitivas, embora a variação das médias ambientais e de desempenho tenha sido suficientemente significativa para garantir que os pares estratégicos integrados percebessem as forças ambientais de modo diferenciado, acarretando em variações no desempenho. Finalmente, pelo menos um par estratégico integrado de melhor ajuste Estratégia-Ambiente (menor média ambiental) apresentou a maior média de desempenho para o respectivo tipo competitivo.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO E ABSTRACT  PDF  
SUMÁRIO, ÍNDICE DE TABELAS, GRÁFICOS E FIGURAS  PDF  
INTRODUÇÃO, CAPÍTULOS, REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, BIBLIOGRAFIA  PDF  
<< voltar