Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Notícias aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu
Consulta aos Conteúdos

Botão de Informações

Título: RELATIVISMO, UNIVERSALISMO E JUSTIÇA DISTRIBUTIVA: UM ESTUDO SOBRE A TEORIA DA IGUALDADE COMPLEXA E A TEORIA DA JUSTIÇA COMO IMPARCIALIDADE
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MARCELLO RAPOSO CIOTOLA
Colaborador(es): GISELE GUIMARAES CITTADINO - Orientador
Catalogação: 06/04/2005 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Referência [pt]: http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=6220@1
Referência [en]: http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=6220@2
Resumo:
A presente tese de doutorado realiza um estudo comparativo, no âmbito da teoria da justiça, envolvendo a teoria da igualdade complexa, formulada por Michael Walzer, autor inserido no rol dos comunitaristas, e a teoria da justiça como imparcialidade, formulada por John Rawls, autor inserido no rol dos liberais. Trata-se, portanto, de um estudo comparativo de autores baseado na categoria da justiça distributiva, conceito cuja formulação original remonta ao pensamento aristotélico. A tese - que contém elementos de filosofia moral, filosofia política e filosofia do direito - tem por objetivo verificar se a teoria da igualdade complexa, com sua metodologia particularista e seus princípios internos de distribuição, possibilita, como apregoa Michael Walzer, a crítica social ou se, de outra forma, esta crítica deve estar associada a uma moral universalista, como, por exemplo, a que nos é fornecida pelo modelo rawlsiano.
Descrição Arquivo
CAPA, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF  
CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
CAPÍTULO 5  PDF  
BIBLIOGRAFIA  PDF  
<< voltar