Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Notícias aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu
Consulta aos Conteúdos

Botão de Informações

Título: A APLICABILIDADE DE UM PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PRECOCE EM CRIANÇAS COM POSSÍVEL RISCO AUTÍSTICO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): OLIVIA BALSTER FIORE CORREIA
Colaborador(es): CAROLINA LAMPREIA - Orientador
Catalogação: 23/02/2006 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Referência [pt]: http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=7825@1
Referência [en]: http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=7825@2
Resumo:
Crianças que, a partir dos 3 anos de idade, recebem o diagnóstico de transtorno autista, apresentam falhas nos comportamentos comunicativos nãoverbais, já no primeiro ano de vida. Isto as impede de engajar-se em trocas sociais recíprocas com os seus cuidadores, ocasionando prejuízos severos em todo o seu desenvolvimento. Intervenções precoces com base na abordagem desenvolvimentista focalizam estas dificuldades iniciais, de modo a impedir ou amenizar os prejuízos secundários causados pelas mesmas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a aplicabilidade de um programa de intervenção precoce, de abordagem desenvolvimentista, baseado no programa norte-americano de Klinger e Dawson (1992), atualizado por estudos de vídeos familiares de Osterling e Dawson (1994) e de pesquisas de atenção compartilhada de Carpenter, Nagell e Tomasello (1998). Os participantes foram duas crianças, de 2 anos e 09 meses, que apresentavam dificuldades iniciais características do transtorno do espectro autista e suas respectivas cuidadoras. O programa consistiu em desenvolver 16 comportamentos pré-verbais nestas crianças. Mostrou-se aplicável e eficaz, desenvolvendo 9 comportamentos em uma criança e 6 em outra.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
<< voltar